sábado, 28 de fevereiro de 2009

tomando CEREAL com gOsTo de alforria...


dividindo a atenção com meu copo duplo
e o controle remoto da tv,
observo a insignificância do tumulto noturno
quando me deparo assistindo
um documentário sobre os pReSoS brasileiros
cujo enfoque é afastar ao máximo
esses detentos da sociedade,
induzindo-os ao ódio tridimensional


apesar do gosto doce exagerado do meu cereal,
só consigo deixar ainda mais amarga
minha crise existencial...
muito embora, mais que uma crise convicta
sofro variavelmente do mal
da paroxítona DESEMPREGO!!!
essa des-mem-bra-da PA... upis!
meu canudo acaba de entupir,
também, com esse PALAVRÃO insano...

todo desempregado deveria
processar o Estado por "danos morais"!
afinal... como é que fica
a dignidade do ser humano?
não menos isolada
ao convés do seu 'próprio' submarino

o ínfimo ócio é vital, vitalício...
é degradação com degenerescência total,
não pelo significado conceitual
mas com o desprazer contextual que ele oferece
ao passo que, sempre, muito em breve...
tudo se resolverá com louvor!


2 comentários:

AC MEDEIROS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanhecer disse...

Todos nós devemos fazer alguma coisa (boa) por um mundo melhor. Por mais insignificante que seja, devemos.

Escrever é uma forma de agir nesta direção. Se uma pessoa ler a sua ideia, e gostar, certamente irá refletir e passar adiante.