sábado, 22 de março de 2008

Loadeando



...iludentes perdidos;
cruéis, famintos, ferozes
transformam-se gritos em latidos

cães selvagens (isso somos!), insanos.
olhem à veracidade da nossa fúria canina
com dentes afiados! imagina?!
pedindo e comendo carne de humanos

laudatício, capitalizando, torna-te sociável
implicando com valores ideológicos
visando espetacularmente nossos egos
em presença de um agudo ar renovável

escurecendo o mundo claro de ilusão
alternamos o animalesco vasto prato:
mudamos o homem de cobra e cão para rato,
o qual é encontrado em uma confusa dimensão

ao início, finalizamos a vida humana
quebramos o tempo e o temperamento,
aumentamos o sombrio comportamento
e entediamos nossa fauna

ao certo, é improvável... porém velozes
distorcido e conceitualmente sem nexo
trágico, cômico e complexo
entretanto, firmo em tais metamorfoses

Nenhum comentário: